Início » Licenciamento por Estado » Pagar o Licenciamento à Vista ou Parcelado? Prós e Contras

Pagar o Licenciamento à Vista ou Parcelado? Prós e Contras

Loading...

O licenciamento do veículo, também conhecido como CRLV ( Certificado de Registro de Licenciamento), é um dos impostos anuais obrigatórios a serem pagos por donos de veículos no Brasil. Seu pagamento é imprescindível para os motoristas, pois sua situação irregular é proibida e passível de multa de R$ 293,47, sete pontos na Carteira Nacional de Habilitação (CNH), além de apreensão e remoção do veículo, a ser retirado após o pagamento da taxa, das multas e juros. Também, trafegar sem estar em posse do documento é considerada infração leve, porém gera multa de R$ 88,38, três pontos na carteira e apreensão do veículo até que a documentação seja apresentada.

Por isso, estar em dia com o licenciamento do veículo é mais que fundamental. Você sabia que é possível parcelar as taxas que envolvem o licenciamento? Saiba quais são as vantagens e desvantagens de parcelar:

Licenciamento à vista ou Parcelado?

Loading...

Pagar o licenciamento assim que possível é sempre o recomendado, pois sua situação irregular pode gerar muita dor de cabeça para o motorista. Porém, para obter o licenciamento do veículo é necessário quitar todo e qualquer débito pendente, como multas e o IPVA. Muitas vezes, o valor total pode ser alto. Porém existe a opção de parcelamento, o que pode facilitar muito a vida do motorista!

Vantagens e como parcelar

Caso o proprietário do veículo não tenha em mãos todo o dinheiro necessário para quitar à vista dos débitos pendentes, parcelar pode ser uma excelente opção. As empresas e normas para isso variam de estado para estado, por isso, consulte o Detran de seu estado para mais informações. Usando como exemplo o Detran.SP, existe uma lista de empresas aptas para realizar o parcelamento das dívidas que impedem o licenciamento. Para o parcelamento de multas, a lista de empresas está disponível no link a seguir: encurtador.com.br/zEOY0

O parcelamento do IPVA pode ser realizado por qualquer cidadão, mesmo que não seja o titular do veículo. Para isso, devem ser consultados os débitos no site da PGE/SP com o número do documento do veículo. Após a verificação o contribuinte poderá liquidar ou parcelar os débitos no portal de Dívida Ativa, disponível no link a seguir: https://www.dividaativa.pge.sp.gov.br/sc/pages/pagamento/gareLiquidacao.jsf

No site, clique em “Consultar débitos”. Você poderá ter acesso às dívidas referentes ao veículo que poderão ser parceladas. Na opção “Parcelamento”, o contribuinte será encaminhado para outra página onde poderá escolher as condições de pagamento, parcelas, etc.

Com a primeira parcela do IPVA paga, e após pagar a taxa de licenciamento, desde que não existam outros débitos, o proprietário já pode receber o CRLV do ano vigente e está apto para circular com o veículo sem o risco de apreensão.

A grande vantagem em parcelar está justamente no fato de poder rodar com o carro sem perigo, mesmo ser ter todo o dinheiro para quitar os possíveis débitos em mãos no momento.

 Desvantagens de parcelar

A desvantagem de parcelar as taxas está na cobrança de juros, que irão aumentar o valor das mesmas.

O pagamento em atraso da taxa de licenciamento gera multa de 0,15% ao dia (até o 30º dia), 9% do 31º ao 60º dia, e de 12% a partir do 61º dia, além de juros (taxa Selic).

Comente